MIQCB participa de solenidade de assinatura do Projeto Amazônia de Gestão Sustentável (Pages)


Na tarde desta quinta-feira, 12/05, no Palácio dos Leões, o Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB) participou da solene de assinatura do acordo de financiamento para a implantação do Projeto Amazônia de Gestão Sustentável (Pages), entre o Governo do Maranhão e o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (Fida) das Nações Unidas.


O projeto tem o objetivo de contribuir para a redução da pobreza rural e ao mesmo tempo diminuir o desmatamento e a degradação ambiental na região amazônica do Maranhão, beneficiando mais de 20 mil famílias rurais pobres e extremamente pobres (povos indígenas, quilombolas, mulheres e jovens).


A área de atuação do projeto inclui três regiões do Maranhão: Amazonas, Gurupí e Pindaré, além das terras indígenas de Arariboia. No total, abrange uma área de 58.755 km², que se estende por 37 municípios e aproximadamente 72% da Floresta Amazônica do estado, uma região sob constante ameaça de desmatamento e degradação por extração ilegal de madeira e desmatamento para agricultura de larga escala.


Com custo de US$ 37 milhões, o Pages irá beneficiar cerca de 80 mil habitantes da área rural do Maranhão. Deste total, 50% serão mulheres e 25% jovens, e 15% serão de integrantes de comunidades indígenas e ou tradicionais, como quilombolas e quebradeiras de coco babaçu.


O Miqcb foi representado pela coordenadora executiva Maria de Fátima e Flávia Azeredo.







44 visualizações0 comentário