top of page

MIQCB promove Oficina sobre Racismo Ambiental, Oficina de Artesanato e dança tradicional do Lindô na Comunidade Pifeiros


O Movimento Interestadual de Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB) Regional Imperatriz realiza atividade com o Grupo Pindova – Filhos da Mãe Palmeira nos dias 2 e 3 de março de 2023 na Comunidade Pifeiros, localizada na zona rural de Amarante do Maranhão, a cerca de 25km de distância de Imperatriz. A ideia é reunir a comunidade para uma programação que conta com Oficina sobre Racismo Ambiental e Justiça Climática, inauguração da Casa do Artesanato e noite cultural com a dança tradicional Lindô.


O evento foi planejado para a juventude da Comunidade Pifeiros, o Grupo Pindova, mas está aberto à todas as pessoas que demonstrarem interesse na programação. Para a assessora técnica do MIQCB Regional Imperatriz, Wcélia Carvalho de Lima, “nós promovemos esse encontro pensando nas juventudes das comunidades, principalmente de Pifeiros e Água Preta que estão próximas, mas o convite se estende a todas as pessoas que tiverem interesse pela pauta”.


Wcélia, que já fez parte do Grupo Pindova quando jovem, e é remanescente da Comunidade Pifeiros, ainda lembra a importância de desenvolver a pauta do Racismo Ambiental com as juventudes nos territórios. “São eles os futuros guardiões da floresta do Babaçu”.


O Racismo Ambiental é o tema do primeiro dia de evento, sábado. Criado na década de 1980 pelo Dr. Benjamin Franklin Chavis Jr., o Racismo Ambiental refere-se ao formado social imposto às comunidades e minorias étnicas submetidas à marginalização e à situações de degradação ambiental. A assessora de projetos do MIQCB, Sandra Regina, mediará a roda de conversa sobre as temáticas relacionadas ao assunto no contexto da realidade local.


O sábado, 2, será encerrado pela Noite Cultural com a dança típica e tradicional lindô. Música e diversão será pré-requisitos para aqueles que desejarem participar do Concurso de Dança, além de uma dinâmica de prêmios sobre conhecimentos adquiridos durante todo o evento.


O domingo, 3, começa com um café da manhã coletivo, cada participante deve levar um prato de sua preferência para compartilhar com as demais pessoas. No entanto, o dia é dedicado à Inauguração da Casa do Artesanato na Comunidade Pifeiros, ambiente exclusivo para o desenvolvimento de peças feitas com o coco babaçu. Para isso, o MIQCB convidou a artesã Rosalva Gomes para um dia de oficina com teoria e prática laboral, desde a coleta da matéria prima até à venda dos produtos manufaturados.


Confira a programação completa:


Matéria:

Jully Santana


29 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page