Buscar
  • Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu

Movimento das Quebradeiras de Coco Babaçu celebram a conquista da nova sede


Cantoria, animação e gratidão marcaram as comemorações de conquista da nova sede do Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu (Miqcb). O casarão acolheu as representações das Regionais do Movimento dos estados do Maranhão, Pará, Piauí e Tocantins, assim como os parceiros, representações de movimentos sociais e do setor público para comemorar o novo espaço. A sede está localizada na Rua da Palma, n 489, Centro Histórico de São Luís e vai funcionar como casa de apoio para as quebradeiras de coco, centro de formação, além de funcionar como o espaço para a cooperativa do Movimento expor e comercializar os produtos oriundos do babaçu.



A coordenadora geral do Miqcb, Maria Alaídes destacou a importância do local para as quebradeiras de coco babaçu e a alegria de poder celebrar essa conquista com todas as Regionais do Miqcb.




“Estamos celebrando esta conquista tão sonhada, tão suada, tão buscada por todas nós dos quatro estados: Maranhão, Piauí, Pará e Tocantins. Esse é nosso ninho, nosso cantinho onde encontraremos abrigo, formação, apoio para comercialização da nossa produção. Por tudo isso, só temos gratidão a Deus por essa grande conquista, pensada e construída por muitas mãos”, declarou, Maria Alaídes.



“A gente sempre pelejava para comprar uma casa, mas não tínhamos condições. Graças a Deus nosso sonho foi realizado, estou muito contente” declarou Emília Alves, coordenadora executiva do Miqcb Regional Tocantins.




O prédio foi reformado pelo Governo do Estado e entregue para as quebradeiras de coco babaçu este ano. A ação faz parte do Programa Nosso Centro e é uma iniciativa que tem por objetivo garantir o desenvolvimento sustentável, a conservação e a valorização da história de São Luís.




“É com muita alegria que estamos hoje na nossa casa que conseguimos por meio de concessão de uso do Governo do Maranhão. Estou muito feliz de poder comemorar e realizar essa grande festa com todas as Regionais do Miqcb”, disse, Helena Gomes, coordenadora executiva do Miqcb da Regional Piauí.



“Para mim esse momento aqui é de muita realização, de festa, de alegria por esse espaço, onde podemos nos expressar e mostrar nossos trabalhos, nossas lutas e conquistas dentro do Miqcb”, enfatizou, Maria de Fátima, coordenadora executiva da Regional Mearim/Cocais-MA.




Durante o evento as encantadeiras e demais quebradeiras de coco realizaram uma belíssima apresentação com cânticos, declaração de poemas, relatos de lutas, resistências e conquistas. Os cânticos tiveram como instrumentos o toque de mancetas, coco babaçu e muitas palmas.



As quebradeiras de coco babaçu estão concentradas, principalmente, em regiões de transição entre Amazônia, Cerrado e Caatinga. Elas são organizadas pelo Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB) e movimenta a economia de mais de 270 municípios nos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Pará. O MIQCB trabalha no intuito de incentivar a autonomia das mulheres, as trocas econômicas justas, a valorização do modo de vida tradicional, a segurança alimentar e nutricional e as práticas agroecológicas.




A coordenadora executiva do Miqcb da Regional Pará, Cledeneuza Bezerra compartilhou a alegria de ter um casarão exclusivo para as quebradeiras. “Nós não tínhamos um lugar certo para nós ficarmos. Então, a gente ganhar um espaço desse com garantia de 15 anos nos deixa muito feliz. Muita gratidão a Deus”, pontuou.



Essa conquista também só foi possível graças ao apoio dos nossos parceiros: Action Aid, Fundação Ford, ICS, Miserior, ASW, ISPN.

45 visualizações0 comentário