top of page

Regional Mearim/Cocais do Miqcb realiza ação do mês da mulher em Codó


Em comemoração ao mês da Mulher, o Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu-MIQCB da Regional Mearim/Cocais reuniu cerca de 100 mulheres da região para debater temas como Lei Babaçu Livre, saúde da mulher e enfrentamento e combate à violência contra a mulher. A ação foi realizada na Associação das Quebradeiras de coco Babaçu, em Codó-MA.


O tema do combate e enfrentamento a violência contra à mulher foram trazidos pelas profissionais que atuam no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e pela assessoria jurídica do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).


Para a profissional do CRAS, Andrea Araújo, as mulheres devem se apropriar dos seus direitos para além dos benefícios que elas já conhecem, como o Bolsa Família, por exemplo, mas também dos seus direitos socais, como o acesso aos mecanismos de defesa das mulheres, como a Lei Maria da Penha. “Vocês têm a responsabilidade de saberem dos seus direitos e saberem que podem e precisam fazer a denúncia, precisam de proteção e se protegerem contra toda e qualquer violência, principalmente a doméstica”, ressaltou.


Contribuindo para a discussão também foi trazido o tema da Saúde da Mulher, com os profissionais do Centro de Testagem e Aconselhamento e Agentes de Saúde. De acordo com Fabiana Silva do CREAS, o tema da saúde da mulher exige cuidado e atenção. “A nossa saúde é baseada em prevenção, antes da doença aparecer é importante prevenir, os exames são fundamentais, como para prevenir o câncer de mama, uterino e de ovários, isso sem falar em outras causas, como emocionais e hereditárias”, destacou.


 Já o tema da Lei Babaçu Livre foi abordado pela assessora jurídica do Miqcb Sandra Regina, que destacou o papel fundamental das quebradeiras de coco no impulsionamento da pauta nos espaços públicos. “O Movimento de Mulheres Quebradeiras de Coco Babaçu tem um papel crucial na defesa dos territórios, dos babaçuais, isso depende de nossa articulação nos espaços públicos, estarmos presentes nos espaços de decisão e proposição de políticas públicas”, afirmou.



Audiência- A noite foi marcada pela presença das mulheres na Câmara Municipal de Codó, onde a coordenadora regional do Miqcb, dona Maria Alaídes fez a leitura da minuta da Lei do Babaçu Livre e trouxe para os vereadores a necessidade de se pautar a luta das quebradeiras de coco babaçu da cidade de Codó. Muito bem recebida pelos vereadores, a minuta da Lei seguirá para o diálogo institucional entre o Miqcb e os colegiados que irão aderir a pauta.


Participaram da ação os Quilombos Monte Alegre, Barro vermelho, São Benedito dos Colocados, Sardenha, Santo Antônio dos Pretos, Barra do saco entre outros.

 

 

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page