MIQCB

Rua São Raimundo, quadra 42, casa nº 09.
Bairro Jardim Eldorado, São Luís - MA

(98) 3268-3357 | 3221-4163

CEP: 65067-272

Intranet

Siga-nos:
  • Facebook - White Circle

MIQCB: representatividade e conquistas para as quebradeiras de coco babaçu ao celebrarem o dia 24 de setembro

26-Sep-2017

Nos quatro estados, nos quais o Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB) atua, foi celebrado o Dia da Quebradeiras de Coco Babaçu no último dia 24/09. As regionais do Maranhão, Pará, Piauí e Tocantins aproveitaram para organizar debates, palestras e exposições de produtos oriundos do artesanato. Essas atividades fortalecem a causa e levam a conquistas em todos os estados de atuação do MIQCB.

 

“As quebradeiras de coco babaçu têm uma grande importância histórica, econômica, social, política, ambiental e cultural na chamada “região dos babaçuais, temos que continuar nesta luta”, enfatizou Francisca do Nascimento, coordenadora geral do MIQCB.

 

Atividade no Piauí

O MIQCB reuniu em Esperantina, no ginásio Dídimo de Castro, cerca de 250 mulheres quebradeiras de coco babaçu de municípios do Território dos Cocais. Temas como preservação ambiental, o direito de livre acesso aos babaçuais, apoio governamental, valorização do trabalho, a luta das mulheres quebradeiras de coco por reconhecimento, políticas públicas e Cadastro Ambiental Rural (CAR) dente outras demandas foram debatidos ao longo da programação.

 

Destaque para a mesa que abordou a temática sobre a Discussão sobre Terra e Território com o objetivo de esclarecer ainda mais e entendimento das quebradeiras sobre o direito à terra. “É uma luta constante e que está sempre presente nos nossos encontros, pois, é preciso lutar pelo território, fazer com que as comunidades entendam que tem que fazer esse enfrentamento em defesa do território”.

 

Outra ação importante do MIQCB foi a entrega de documento para representantes do legislativo municipal de Esperantina que  garanta o livre acesso aos babaçuais. O Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB) tem sido o principal movimento articulador na luta pelo acesso aos babaçuais. Por causa da luta organizada, em alguns municípios da região já existem leis que garantem o acesso livre aos babaçuais em terras públicas e privadas para exploração em regime de economia familiar. As chamadas Leis do Babaçu Livre também proíbem as derrubadas indiscriminadas, cortes de cachos e uso de herbicidas. Garantir isso às quebradeiras de coco é não só preservar sua fonte de renda, mas também sua tradição e o equilíbrio do meio ambiente.

 

Autoridades e entidades parceira prestigiaram o evento, a exemplo da senadora Regina Sousa, deputado Francisco Lima, prefeita de Esperantina Vilma Amorim, vereadores Manoel Filho e Marcílio Farias, representantes de sindicatos rurais, Banco do Nordeste, Emater e outros.

 

O Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB), atua no Maranhão, Pará, Piauí e Tocantins, com o apoio da União Europeia. As ações são direcionadas para o fortalecimento da luta pela existência e implementações das políticas públicas que assegurem e resguardem os direitos das comunidades e povos e tradicionais como as quebradeiras de coco babaçu.

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Outras postagens

MIQCB coordena trabalhos de reconquista do território na Baixada Maran...

MIQCB lança abaixo assinado contra projeto de lei que incentiva a quei...

Comunidades, com o apoio do MIQCB, coordenam trabalhos de reconquista...

Pela vida das quebradeiras de coco - "Quebradeiras de coco babaçu...

1/3
Please reload