MIQCB

Rua São Raimundo, quadra 42, casa nº 09.
Bairro Jardim Eldorado, São Luís - MA

(98) 3268-3357 | 3221-4163

CEP: 65067-272

Intranet

Siga-nos:
  • Facebook - White Circle

Quebradeiras de coco babaçu no MA e PI debatem sobre a situação de violência e ameaças sofridas pelas mulheres

25-Sep-2018

Uma programação com muitos debates em prol da melhoria das condições das quebradeiras de coco babaçu marcaram o dia dedicado a essas mulheres no Maranhão e Piauí, celebrado 24/09. Centenas delas saíram pelas ruas de Lago dos Rodrigues, na região do Mearim Maranhense, e pelas ruas da cidade de Miguel Alves, no Piauí, mostrando a sociedade como é possível o bem viver a partir da quebra do coco babaçu desde que seus direitos e garantias fundamentais sejam respeitados.

 

Mesmo distantes quilômetros de distância, as quebradeiras de coco babaçu também estavam irmanadas na recente perda de uma das maiores lideranças de povos e comunidades tradicionais, dona Maria de Jesus Bringel. Tanto no Maranhão quanto no Piauí, as homenagens à dona Dijé deixaram as pessoas emocionadas. Ela foi vítima recentemente de um ataque fulminante no coração, em Monte Alegre, no Maranhão, quilombo onde morava.

 

As vozes das centenas de quebradeiras de coco babaçu ecoavam um só discurso; o acesso livre ao território, aos babaçuais, a preservação do meio ambiente, o respeito ao modo tradicional de vida e a necessidade de aprovação, com a intensa participação das quebradeiras, na confecção da lei do Babaçu Livre, que garante o acesso livre ao território e a preservação dos babaçuais.

 

Para Francisca Nascimento, o momento é de reflexão. “Perdemos recentemente uma importante liderança. Estamos ainda de luto, mas seguindo ainda mais fortes com a certeza de que nossos direitos serão respeitados. Importante são ações como essa de preencher os espaços nas ruas para que todos conheçam o bem viver das quebradeiras de coco babaçu”, enfatizou.

 

Na região do Mearim, referência de luta e conquista da Lei do Babaçu Livre, as mulheres saíram pelas na cidade de Lago dos Rodrigues, em caminhada. Ao longo do percurso denunciaram a devastação que os babaçuais vêm sofrendo e das constantes ameaças sofridas pelas quebradeiras de coco babaçu. Vale ressaltar que em terras maranhenses, seis lideranças estão ameaçadas de morte.  

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Outras postagens

MIQCB coordena trabalhos de reconquista do território na Baixada Maran...

MIQCB lança abaixo assinado contra projeto de lei que incentiva a quei...

Comunidades, com o apoio do MIQCB, coordenam trabalhos de reconquista...

Pela vida das quebradeiras de coco - "Quebradeiras de coco babaçu...

1/3
Please reload