top of page

Miqcb participa do lançamento do documentário Tem Floresta em Pé, Tem Mulher, em Brasília


A Oxfam Brasil, em parceria com o Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu-MIQCB, o Conselho Nacional das Populações Extrativistas – CNS e a Coordenação Nacional da Articulação de Quilombos – Conaq, lançou nesta segunda-feira (27/11), às 20h, no Cine Brasília, o curta documentário Tem Floresta em Pé, Tem Mulher, que debate a importância do trabalho das mulheres negras na defesa de floresta Amazônia.


O filme é produto da campanha de mesmo nome que tem como objetivo valorizar as lideranças femininas negras nas florestas brasileiras. Essas mulheres quebradeiras de coco, quilombolas, extrativistas, estão na linha de frente da luta por seus territórios e pela proteção da floresta.



“Esse documentário destaca a atuação de mulheres de vários segmentos dentro da floresta. São mulheres que vive da floresta, que trabalha com a pesca, com açaí, com babaçu. Todas elas têm um objetivo único que é a preservação do meio ambiente. Onde Tem Floresta em Pé, Tem Mulher”, declarou Ednalva Ribeiro, vice coordenadora do MIQCB.


O filme Tem Floresta em Pé, Tem Mulher ocorre no mês da Consciência Negra no país, data oportuna para celebrar as mulheres negras defensoras da Amazônia.


Após a exibição do filme, na área de vivência do cinema, houve debates das mulheres defensoras da floresta com as representantes do governo federal e a população.



Bárbara Barbosa, coordenadora da área de justiça racial e de gênero da Oxfam Brasil foi a moderadora da discussão e falou da importância do projeto. “O Documentário faz parte de uma campanha para dar visibilidade às mulheres negras defensoras da floresta. Então esse lançamento teve como principal objetivo fazer uma interlocução com o Governo Federal, mobilizar a sociedade civil organizada em prol dos direitos das defensoras da floresta”, frisou Bárbara.



No painel com as mulheres defensoras da floresta falaram as companheiras: Ednalva Ribeiro (MIQCB), Laides Moraes (CNS), Selma Dealdina (CONAQ). No painel com representantes do governo participaram a secretária Nacional de Povos e Comunidades Tradicionais e Desenvolvimento Rural Sustentável do Ministério do Meio Ambiente, Edel Moraes, a Secretária Executiva do Ministério da Igualdade Racial, Roberta Eugênia.


A coordenadora de projetos do Miqcb, Sandra Regina também participou do lançamento.





46 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page